segunda-feira, 12 de julho de 2010

aqui, ali e em todos os lugares

Haverá um alguém que sempre nos acompanhará. Em cada brisa que soprar, no canto de um pássaro, nas noites de solidão, em cada horizonte. E haverá que estar em nós, em tudo que pudermos ver ou perceber. Estará em todos os lugares por onde passarmos. Em toda vida e por todos os caminhos.
E há que voar nossos sonhos e povoar nosso melhor sentir. Vai nos ocupar feito inexplicável luz. A cada passo, cada ação e cada pensamento.
Será música, esperança e alento. Será paz e silêncio. Terá sido o inesquecível e o maravilhosamente absurdo. O impensável.
Será nosso amor que chegou desde não sabemos quando. E caminhará conosco, sorrindo. Até sempre!

imagem: grENDel - olhares.com - portugal
texto: paulo moreira

5 comentários:

Maria José disse...

AMIZADE
Não é receber, é dar.
Não é magoar, é incentivar.
Não é descrer, é crer.
Não é criticar, é apoiar.
Não é ofender, é compreender.
Não é humilhar, é defender.
Não é julgar, é aceitar.
Não é esquecer, é perdoar.
Amizade..
É simplesmente AMAR.
Feliz dia da amizade.

Luís Coelho disse...

O amor será a única coisa que nos acompanhará pela vida e em todas as situações.
E quando sonhamos caminhamos nesse infinito que nos completa e nos conforta com sensações e sentimentos
mais íntimos

Regina Coeli disse...

Olá Paulo,
Li um texto seu no BLOG FRAGMENTOS DE UMA ALMA PERFUMADA e vim conhecer um pouco mais sobre quem o escreveu.
Parabéns pela sensibilidade transformada em letras e palavras!
Muito bom passar por esse espaço enriquecido de sentimentos.
Receba meus cumprimentos e um abração cá das Minas Gerais.
Regina Coeli

Heloisa disse...

Em cada entardecer a beleza do sol se pondo, ao longe..onde alcança o olhar.Buscamos no silêncio, as esperanças, a paz..num momento de reflexão!!Nossos sonhos, povoados de luz, de quereres, de pensamentos.Ouvimos neste momento, a melodia do amor,que nos encanta a alma, e nos derrama em maravilhosos sentimentos!!!

Belissimo teu texto!!
boa noite
Heloisa Crosio

Um Cantinho para Sonhar disse...

Que belíssimo texto!
Não poderia deixar de aplaudir de pé!
Parabéns, Paulo!
Sigo-te com muita admiração!

Suzy