quinta-feira, 2 de julho de 2009

construção

Alvenaria, cheia de massa,
O tijolo é tão fosco,
Benditas as pás
E as colheres
Bendito é o fruto
Desse batente,
João!
.
Dona Maria, Mãe de Deus,
Cuidai desses trabalhadores,
Agora e na hora
Daquele andaime, também!
.
milton carvalho cavutto 04.01.62 / 23.09.2006
.
Nunca havia pensado em primos como presentes de Deus. E Ele foi generoso comigo quando me cercou deles. Milton é um desses presentes que jamais se pode esquecer - pessoa de inteligência, sensibilidade e humor únicos. Um ser iluminado.
Aqui, uma das incríveis "sacadas" do Milton. Orgulho de ser mais que primo - amigo. Parceiro incrível.
Obrigado, Milton! Um sorriso para você!
.
imagem: ricardo espinheira - olhares.com - portugal

5 comentários:

Rosani Nauar disse...

Olá! Paulo

Bonita homenagem para seu primo Milton! Como sempre fico emocionada com seu texto e ainda mais essa música que é belíssima.


beijos,

Sonia Schmorantz disse...

Bonita e sensível homenagem.
Um abraço e um ótimo final de semana.

Leny Cavutto disse...

OI Paulo,
Fiquei emocionada com as coisas bonitas que voce escreveu sobre o MIlton, ele era especial mesmo, tão inteligente e sensível quanto voce.
Bjs

Luísa disse...

Paulo,

vai ao site da ACT e visita o link da Agência Europeia para a HSt. Há um concurso a decorrer sobre : "A imagem que tem sobre a HST".

Boa sorte!

Josemar Pires Ribeiro disse...

Oi Paulo... pelo que vejo a poesia vem geneticamente, faz parte da familia... uma linda homenagem a seu primo....

um grande abraço..