sábado, 19 de julho de 2008

partidas

Não esqueça nunca que os jardins apenas se renovam e que as flores precisam iluminar novos jardins. Talvez por isso, parece-nos que houveram seguidas perdas.
Na verdade, se em nosso coração fez-se inverno aqui - em algum lugar está chegando a primavera. Em tempos de frio é necessário que os corações se abracem para suportá-lo e para que se tenha a alegria de saber que a primavera vai e vem numa sequência sem fim. Assim será para que, em todos os lugares do universo, possam haver flores. Ciclos que podem nos fugir ao entendimento, por ora.
Um dia, certamente, compreenderemos a necessidade de todas as estações para que se faça a eternidade dos planos.
texto: paulo moreira

2 comentários:

Pirada/Atrapalhada disse...

PS: Depois dizem que de Pirada não tenho nada. Esse comentário era pra sair aqui. Ali na foto ficou sem o menor sentido (pura piração) rsssss

Oi Moço:
Resolvi,hoje no dia destinado a Amizade, passar pelos blogs dos amigos.Deixo um pedacinho de um verso do Vinicius que tanto gosto, pensando que se ele conhecesse teu texto poderia ter acrescentado "... que entenda do ciclo lindo da vida..."
("Procura-se um amigo para gostar dos mesmos gostos, que se comova, quando chamado de amigo. Que saiba conversar de coisas simples, de orvalhos, de grandes chuvas e das recordações de infância. (Vinicius de Moraes). abraços fraternos.

paulo disse...

Moça Pirada:
Cada vez que vc surge aqui é uma emoção diferente. Esse seu cuidado com os detalhes de querer bem mexe comigo de uma maneira que vc sequer supõe. Linda criança.

Paulo